quinta-feira, 6 de abril de 2017

Capitulo 15 (Voltando as raízes)

Ainda na noite Vanessa se arrumou para ir ao encontro de Austin. Durante o luau se surpreendeu por seu talento com a musica. Curtiu a noite e observou o quão diferente soava estar recomeçando seus relacionamentos. Quando terminou Austin sentou-se a seu lado e puxou conversa

- Você está linda!
- Obrigada Austin
- Se divertiu?
- Esta brincando?! Estava precisando disso para me desestressar, foi ótimo!!
- É maluco né?
- O que especificadamente?
- Nossa rotina, o tempo que passamos trabalhando e a importância que damos aos horários.
- Como se quiséssemos mais tempo sempre e não vemos o quanto já passou. É confuso...
- Por isso escolhi a música! sabe a paixão no agito ou na lentidão é uma forma de passar meu tempo com sensações únicas e transmitindo-as para pessoas, Amo o fato de me conectar com qualquer pessoa através do instrumento.
- Você toca muitíssimo bem ! Foi um prazer ouvi-lo hoje!
- Ora, seus elogios me deixam sem graça (brincou)
- Obrigada pela companhia mas, já esta tarde
- O que?! Na verdade são 2h30 da manhã! Bem cedo!
- Tarde para quem trabalha cedo!!
- Ei! curta o momento e esqueça o trabalho. Você já tem feito projetos incríveis na área mas quando se trata de você parece tão fechada!
- Me conhece a menos de 3 dias e diz que sou fechada?
- Estou equivocado?(pressionou)
- Talvez....
- Olha não sei o que houve com uma pessoa tão incrível como você...
- Muita coisa (riu nervosa)
- Faz pouco tempo que nos conhecemos e quero deixar claro que sou um ótimo ouvinte! No entanto quero deixa-la a vontade
- Sério sem investidas?! (brincou)
- Você já poderia ter subido não?! (riu)

Estavam na área externa do hotel, na piscina com dois drinques, conversando e dando a chance de se conhecerem. Austin era gentil e despretensioso e quando viu já havia amanhecido.

- Obrigada!
- Não me agradeça! Bom dia Nessa (beijou sua bochecha deixando- a em frente a porta de seu quarto) Descanse!
- Sim

A cama parecia bem mais macia naquela manhã e com seu corpo leve adormeceu . Magnífico!


⧪⧪⧪⧪⧪⧪⧪⧪⧪⧪⧪⧪⧪⧪⧪⧪⧪⧪⧪⧪



Em outra ilha Zachary observava da janela de seu posto uma chuva incessante

- Bom dia Zac!
- Bom dia Ryan! Como esta?
- Atarefado! Você tem o plano de voo para hoje?
- Sim já deixei no quadro anexado!
- Receio que você já saiba sobre a Inglaterra
- Sim...
- Hora de voltar  mano! Depois de tanto tempo fora
- Não sei Ryan...
- Ei quando você veio ao Caribe de férias sabia que um dia teria que retornar, desde a época das missões
- Eu sei...
- Nós viemos para estudar uma nova rota área para RAF anti terrorismo.
 Estudamos e aprendemos muito, desde o Afeganistão
- Não me lembre! (Virou-se e encarrou a janela)
- Ei vamos voltar não é?
- Eu não sei , já não me vejo por lá (ficou em silêncio)
- O que quer dizer? (estava apreensivo)
- Preciso pensar Ryan, vamos mudar de assunto...
- Não estou acreditando nisso.. como assim?! o que você quer da vida cara? É o seu trabalho
- Sim, já tenho muito tempo servindo a RAF sei como funciona...
- E....
- E  não é  mais pra mim
- Serio isso??
- Vamos parar com essa histeria toda!!
- Será que tudo sobre você é sobre ela?? (perguntou descrente)
- Eu não vou discutir contigo, e como disse eu preciso pensar no que fazer, não coloque a Vanessa no meio disso
- Volte ao juízo... (Zac o cortou)
- Aqui nunca choveu desse jeito..
- O que?!Que assunto sem nexo é este?
- O Caribe nunca foi cinza e frio como hoje...
- É seu aviso para ver como vai ser daqui em diante..
- Como assim?
- Zac acorda, o conto de fadas acabou e você está adiando algo por que esta agarrado a um desejo. Já pensou na possibilidade dela não voltar?! Ou no simples fato de que o cinza que você vê é tristeza por ela não ter ligado?!
- Volte a seu posto...

Ryan respirou fundo e ficou em silêncio por um longo período. Até onde Zac iria por Vanessa?! Estava cansado e incrédulo. Quando começou sua carreira na RAF ele havia sido seu mentor. Uma pessoa completamente diferente do que era hoje. Abandonar uma carreira de ouro por alguém que talvez nem voltasse era loucura. Alias tudo nos últimos meses era louco, uma montanha russa de emoções que por ser seu amigo compartilhava. Iria deixa-lo pensar e retomaria a discussão, quem sabe dessa a razão falasse mais alto...

- Antes de me retirar...
- O que?!
- O dia esta normal! Não tem nada cinza além de você (saiu)


Um suspiro pesado saiu e a mente fervia com dúvidas. Era isso seu humor era cinza.

- Volte depressa Baby V! Eu preciso de você..





Oie Galera!! Boa madrugada para vocês!! Como estão?? Tenho algumas observações sobre o capitulo de hoje

1° Para não perdemos o andar da carruagem e não surgirem  dúvidas sobre a conversa entre Ryan e Zac alguns esclarecimentos:

* No primeiro capitulo do Blog la em 2012 temos escrito que Zac é piloto da RAF (consultem para mais informações) força aérea britânica e veio ao Caribe passar ferias onde conheceu a Nessa...
* Pois bem passou muito tempo no Caribe por sua decisão e realizava algumas missões descritas em capítulos posteriores.. Nestas viagens temos o Afeganistão último país que Zac foi convocado a ir e traiu Nessa
* Desde então passou a retomar sua rotina e esta sendo convocado a voltar para Inglaterra suas raízes...


Para o próximo capitulo 100% Zac vamos ligar alguns pontos e clarear estes transtornos emocionais além do que a história não tem intenção de ficar na sofrência de um personagem. Entendidos??

Comentem galera e me digam o que acham da história ( Quero enfatizar a opinião de vocês porque peguei desde o inicio a historia para ver os conflitos em aberto e me arrependi pelo conteúdo!! Não sei como o pessoal lia. Não estou dizendo que melhorou, mas estou tentando aprofundar os clímaxs )

Parando por aqui!! Bjos gente 💗



Um comentário:

  1. Vanessa não se atreva a se apaixonar pelo Austin 😠
    Volta para o Zac, please
    Continua logo amr
    Xx

    ResponderExcluir

O limite real de um homem termina quando começa a sua imaginação! comente vamos imaginar postagens melhores!!