terça-feira, 3 de janeiro de 2017

Capítulo 09 (Houve um tempo em que me importava Parte I)

Nesse últimos 6 meses tenho tentando me adaptar as novas rotinas que criei. Passei a ser generalista quanto aos sentimentos que nutria e passei a observar que por mais cenários que criasse ou quanto mais batesse de frente com as pessoas próximas mas estava me afundando. Estava em casa com Dylan sentando em um sofá observando eu beber meu 10°copo de Wisky.

-Pare com isso!! Se beber resolvesse algo nós já estaríamos em outro patamar de vida
-Tem razão não resolve, mas me ilude e causa tontura
-Zac a vida ta passando... você simplesmente não está acompanhando
-Não quero viver Dylan. Sinto que tudo que vivi até hoje me levam a onde estou agora, mereço isso
-Não, não merece e sabe disso. Escuta muitas pessoas são boas em dar conselhos a vidas alheias, tente escutar este, melhor que isso o ponha em prática. Ninguém tem o direito de te fazer sentir um lixo  a não ser que você deixe. Se sua atual situação não te agrada, mude-a. Resolva isso de uma vez porque eu não aceitarei mais ser ouvinte para reclamações. Se culpe Zac. Grite, rosne faça o que quiser mas faça antes que te sufoque!!
-E se estragar tudo de novo?
-Tem como estragar algo que esta já está quebrado?? Recomece,construa novas possibilidades. Aceite que não tem como concertar o que fez, mas há como reconsiderar o que foi feito.
-Não quero ir la bêbado...
-Então não beba! escute....há diversas maneiras de chegar na Vanessa, você sabe que ela te receberia por mais magoada que estivesse. Não se esconda quando a luz esta na sua frente.
-Obrigado Dylan, nunca pensei que  pudesse me dar conselhos
-Está ai a questão tem muitas coisas que pensamos que não pudessem ocorrer que simplesmente acontecem. Agora vá
- Sabe Dylan, eu sempre esperei que as pessoas com suas palavras e olhares rudes pudessem entender que me afetavam e que eu estava pronto a ser sacrificado no entanto a única pessoas que tem o direito de o fazer não fez
-E sabe que ela não fará né?
-Sim

Uma conversa acolhedora e sincera era tudo que estava precisando, naquele dia senti um peso que estava em minhas costas sumir. E entendi que durante todo este tempo precisava de uma pessoas que se importasse se estava vivo ou não. Me senti preparado para encara-la depois de tudo. Reconheço que quando fechei os olhos na noite um buraco no meu peito se abriu me dando uma noção de como meu futuro seria a partir de amanhã.

XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX

-Paul, você está certo disso??
-Sim, Nessa sinto que este é o momento de recomeçar e devo muito  a você por isso (abraçando-a)
-Sentirei sua falta
-É por pouco tempo. Neste tempo que passamos juntos percebi que conseguimos seguir em frente, no entanto você é mais forte que eu, preciso saber se consigo caminhar sozinho.
-Eu não tenho dúvidas que consegue! Boa viajem
-Guarda um espaço no coração para mim quando voltar
-Está guardado
-Amo você baixinha
-Também te amo (sorriu e abraçou o amigo que partia)

Vanessa havia amadurecido muito nestes últimos meses e começou a dar valor a pequenas sensações da vida onde não havia nada planejado e o elemento surpresa não a deixava mas apavorada ou ansiosa. Ver seu amigo partir de longe era angustiante. Quando estava na sala refletindo sobre o que faria ouvi a campanhia tocando

-Você???


Finalizamos o capitulo por aqui!!

Quanto tempo gente e quantas coisas aconteceram neste intervalo.Primeiramente gostaria de desejar um feliz 2017 de muita luz e saúde para todos. Em seguida dizer que eu não via a hora de voltar a postar aqui. Tantas coisas mudaram mas não me contenho enquanto não cumprir minha promessa de encerrar a  historia. Um abraço saudoso a todos e um beijo!






Um comentário:

  1. Quando vi a notificação de postagem nesse blog eu não acreditei
    São anos seguindo essa história, msm depois de vc parar de postar
    Estou imensamente feliz por sua volta e espero qhebdessa vez você fique p valer
    E quero muito que a Vanessa perdoe o Zac e que voltem a ficar juntos
    Um maravilhoso ano novo p vc tbm amr
    Xoxo

    ResponderExcluir

O limite real de um homem termina quando começa a sua imaginação! comente vamos imaginar postagens melhores!!